Litigância Estratégica

Atuação jurídica nos tribunais superiores

Diretor responsável: Guilherme Ziliani Carnelós

A litigância estratégica é uma das áreas que mais tem ganhado força e espaço no IDDD. Com ela, pretende-se alterar a jurisprudência, buscando decisões e entendimentos mais justos e atentos ao direito de defesa e garantias individuais.

Atualmente, o IDDD figura como amicus curiae em diversos processos no CNMP, no CNJ, no STJ e no STF. em 2014, a novidade foi o pedido de habilitação como amigo da corte em habeas corpus que pede a garantia do direito de visita de mães à unidade prisional onde seus filhos cumprem penas sem a necessidade de submissão à revista vexatória. O documento foi assinado em parceria com a Conectas Direitos Humanos, a Defensoria Pública do Estado de São Paulo (DPESP), o Instituto Terra, Trabalho e Cidadania (ITTC), a Justiça Global e a Pastoral Carcerária.

Outro importante acontecimento foi a movimentação no julgamento do incidente de inconstitucionalidade tirado do habeas corpus 239.363-PR, que discute o texto disposto no art. 273, § 1º – B do Código Penal, inserido por meio da Lei 9.677/1998 (“Lei dos Remédios”). Arnaldo Malheiros Filho, presidente do Conselho Deliberativo do IDDD, realizou, em outubro, a sustentação oral perante a Corte Especial do Superior Tribunal de Justiça. O julgamento, suspenso pela segunda vez por pedido de vista, deve ser finalizado no início de 2015, mas já conta com sete votos a favor da aplicação da pena prevista para o pequeno traficante em interpretação conforme (§ 4º do art. 33 da Lei nº 11.343/06), inclusive com direito à substituição de pena.

Imprimir publicação Imprimir publicação

Veja também

Ver todos +
prova sob suspeita

Clique paraabrir o projeto

Prova sob Suspeita

O projeto Prova sob Suspeita para produzir e compartilhar conhecimento e propor mudanças que enfrentem a precariedade das provas produzidas ao longo do processo penal, o desrespeito rotineiro às garantias individuais, e a violência e o racismo que caracterizam o sistema de justiça criminal brasileiro.

img02

Clique paraabrir o projeto

Mães Livres

O projeto #MãesLivres nasceu em novembro de 2017 para tirar o Marco Legal de Atenção à Primeira Infância do papel e devolver as mães da Penitenciária Feminina de Pirajuí, no interior de São Paulo, aos seus filhos.

OlharCritico_projeto_site

Clique paraabrir o projeto

Olhar Crítico

Projeto que propõe diálogo com jornalistas e estudantes de jornalismo tem o objetivo de discutir a cobertura de casos criminais pela imprensa e a importância da observância do direito de defesa e da presunção de inocência pela mídia

Algemas_PrimeiraDefesa

Clique paraabrir o projeto

Primeira Defesa

O IDDD deu início, em março de 2014, ao Primeira Defesa: o direito de defesa nos inquéritos policiais. O projeto ofereceu, até o fim de setembro, assistência jurídica gratuita em plantões realizados em distritos policiais […]