IDDD indica advogado para defesa do jovem acusado de participar do atentado em Suzano

19.03.2019

Nesta segunda-feira (18), a Defensoria Pública acionou o IDDD (Instituto de Defesa do Direito de Defesa) para atuar no caso do jovem de 17 anos, acusado de envolvimento no atentado ocorrido na Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano, e que foi apreendido na manhã desta terça-feira (19). Com a clareza de sua missão institucional, o IDDD indicou o advogado associado Marcelo Feller para atuar na defesa do adolescente. Ao advogado cabe assegurar que todo processo, desde a fase investigatória, ocorra de forma justa e em respeito às garantias individuais.

O IDDD (Instituto de Defesa do Direito de Defesa) é uma organização da sociedade civil que há 20 anos atua pela democratização do acesso à Justiça no país. A missão do Instituto é promover na sociedade e em instituições do Estado a ideia de que todos têm direito a uma defesa de qualidade – independente do crime -, à observância do princípio da presunção da inocência, a um processo justo e a cumprir a pena de forma digna.

O IDDD se compadece com a dor dos familiares, professores, funcionários e de toda comunidade envolvida. É inegável de que estamos diante uma tragédia sem precedentes. Em contexto de investigações e processos criminais que ganham grande repercussão pública, o exercício do direito de defesa se torna ainda mais imprescindível para evitar julgamentos açodados, nulidades processuais e prisões arbitrárias.

Imprimir publicação Imprimir publicação