IDDD nomeia três novos coordenadores de áreas

24.11.2016

Instituto contará com coordenadoria de Cursos, de Direito Penal e de Processo Penal

Com o intuito de manter a excelência de seu trabalho, o Instituto de Defesa do Direito de Defesa (IDDD) decidiu criar três novas coordenadorias: Cursos, Direito Penal e Processo Penal. Nesse sentido, reconhecendo o comprometimento com os direitos humanos, com o Estado Democrático de Direito e o profundo conhecimento do sistema de justiça criminal, foram convidados, respectivamente, para ocupar os cargos durante a gestão 2016/2019 Marina Pinhão Coelho, João Florêncio de Salles Gomes Junior e Geraldo Prado.

“A decisão de criar essas coordenadorias tem como objetivo fortalecer o nosso trabalho pela melhoria do sistema de justiça criminal brasileiro e, para manter a credibilidade conquistada durante nossos 16 anos de existência, buscamos respaldar nossa atuação em profissionais da mais elevada qualidade”, ressalta o Presidente do IDDD, Fábio Tofic Simantob.

Conheça os novos coordenadores
Geraldo Prado atua há mais de três décadas na área criminal, com ênfase na articulação dos saberes teórico e prático. Ex-Promotor de Justiça no Ministério Público do Rio de Janeiro e Desembargador aposentado pelo Tribunal de Justiça do mesmo estado, atualmente mantem escritório próprio na capital carioca, além de ser professor de direito processual penal na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), professor visitante na Universidade Autônoma de Lisboa, pesquisador da Universidade de Lisboa e colaborador na Universidade de Coimbra. Possui pós-doutorado em História das Ideias e Cultura Jurídicas, pela Universidade de Coimbra. A frente da coordenadoria de Processo Penal do IDDD fornecerá suporte técnico para os projetos relacionados à temática.

Na coordenação de Direito Penal, João Florêncio de Salles Gomes Junior irá oferecer subsídios teóricos para os projetos e manifestações do Instituto. Mestre e doutor em Direito Penal pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo, especializado em Direito Penal Econômico e Europeu pela Universidade de Coimbra, foi pesquisador visitante na Università di Bologna (Itália) e Universitat Pompeu Fabra (Espanha). É membro das comissões de Direito Penal da OAB/SP e do Instituto dos Advogados de São Paulo (IASP).

Por fim, Marina Pinhão Coelho será responsável por coordenar os cursos, seminários, conferências e palestras promovidos pelo Instituto nos próximos três anos. Marina é doutora em Direito Penal pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo e especialista em Direito Penal Econômico pela Universidade de Coimbra. Foi pesquisadora na Universidade de Munique (LMU) e na New York University (NYU). Atualmente é professora de Direito Penal e Direito Processual na Universidade Paulista (UNIP). Compõe a Comissão de Direito Penal e Processual Penal da OAB/SP e Coordena a Revista Brasileira de Ciências Criminais (RBCCrim – publicação do Instituto Brasileiro de Ciências Criminais/IBCCRIM).

Imprimir publicação Imprimir publicação