9º Jantar de Confraternização do IDDD reúne mais de 450 pessoas

9.12.2015

Evento que aconteceu no dia 08/12, no Lions Nightclub, comemorou os 15 anos de fundação do Instituto e ainda contou com leilão silencioso de obras de arte para a arrecadação de fundos para 2016

081215 FESTA IDDD 08

Membros da Diretoria do IDDD. Foto: Luiz Michelini

Mais de 450 pessoas se reuniram no último dia 8 de dezembro, no Lions Nightclub, no 9º Jantar Anual de Confraternização do Instituto de Defesa do Direito de Defesa (IDDD), para celebrar uma década e meia de história do Instituto, além das conquistas do último ano. Os convidados também participaram de um leilão silencioso de obras de arte para levantar fundos destinados aos projetos que serão desenvolvidos em 2016, que arrecadou um saldo total de R$ 50.580,00.

O evento contou com a participação de grandes nomes da advocacia, entre eles Arnaldo Malheiros Filho, Antonio Carlos de Almeida Castro, Dora Cavalcanti Cordani, Flávia Rahal, José Luis Mendes de Oliveira Lima, além de Marina Dias, Marcelo Leonardo, Pierpaolo Cruz Bottini e Roberto Podval.

Durante o jantar, o Presidente do IDDD, Augusto de Arruda Botelho, entregou para três associadas do Instituto o Prêmio Márcio Thomaz Bastos, em reconhecimento à dedicação e ao engajamento nas atividades da organização ao longo de 2015. Foram elas: Carolina de Queiroz Franco Oliveira, Flávia Guimarães Leardini e Jéssika Mayara de Oliveira Aguiar. “Certamente esse foi um ano muito difícil para o direito de defesa, mas ainda assim temos avanços a comemorar”, destacou Botelho durante a entrega do prêmio. “E esses avanços não poderiam ser atingidos sem a dedicação e o trabalho voluntário dos nossos mais de 350 associados”.

Foram leiloadas obras de Claudio Tozzi e Tomie Ohtake, arrematadas por Cristiano Avila Maronna e Kenarik Boujikian Felippe, respectivamente, além de uma fotografia de Eduardo Muylaert, comprada por Guilherme Ziliani Carnelós.

No evento, o IDDD também buscou um novo patrono para o Educação para Cidadania no Cárcere, projeto de educação realizado em penitenciárias e centros de detenção provisória da capital e da Grande São Paulo, que busca transmitir às pessoas privadas de liberdade noções básicas de cidadania e organização do Estado, bem como informações sobre direito penal, processo penal e execução da pena. A iniciativa, que existe desde 2010, já promoveu 12 edições. Para 2016 está previsto a realização de mais três módulos, dois dos quais serão financiados por Dora Cavalcanti e o último pelo escritório Advocacia Mariz de Oliveira.

9º. Jantar de Confraternização do IDDD
Doações: Claudio Tozzi, Eduardo Muylaert e Instituto Tomie Ohtake.
Apoio: Lions Nightclub, Bia Passaro Paisagismo, Bufett Balsâmico e Luiz Michelini Fotógrafo.

Confira algumas fotos do evento 

Imprimir publicação Imprimir publicação